sexta-feira, 1 de julho de 2011

Anita Malfatti no tempo e no espaço

 
Anita Malfatti no tempo e no espaço
Marta Rossetti Batista
EDUSP E EDITORA 34. CAIXA COM DOIS VOLUMES

“E eu via cores e cores riscando o espaço, cores que eu desejava fixar para sempre na retina assombrada. Foi a revelação, voltei decidida a me dedicar à pintura”. Alguns anos depois, e com a bagagem adquirida em uma excursão de aprendizagem por centros artísticos, a menina quase suicida começava a encontrar o mundo. Em 1917, com a Exposição de Arte Moderna  Anita Malfatti, o Brasil tomou conhecimento da jovem e talentosa artista. A partir desta exposição, a pintora “tornava-se o divisor de águas, encerando o capítulo da arte acadêmica”. Imaginar  que o trabalho de documentação feito para a faculdade viraria este belo livro seria muita pretensão para a jovem historiadora Marta Rossetti Batista. No entanto, depois de se dedicar por mais de 40 anos à pesquisa, reunindo documentos e fotos de acervos particulares e públicos, vê-se que o resultado não poderia ser diferente: um livro de fôlego, organizado em dois volumes, que mapeia todas as etapas da vida e da obra de Anita Malfatti. (Fábio Pedrosa)