segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

33 maneiras de Incentivar o amor pelos livros

1. Presentear bebês com livros de pano e livros de borracha.
2. Em vez de roupas e brinquedos, presentear as crianças com livros.
3. Ler para os filhos na hora de dormir.
4. Escurecer a sala de aula e ler com velas acesas ou uma lanterna ligada.
5. Comprar gibis para os sobrinhos.
6. Ler uma poesia para quem a gente ama.
7. Dar um guia de viagem para quem fará uma viagem…
8. Quando o professor estiver lendo algum livro, levá-lo consigo.
9. Emprestar livros.
10. Convidar escritores, ilustradores e editores para visitar a escola.
11. Frequentar bibliotecas e livrarias.
12. Nada mais bonito do que a escola presentear os seus professores com livros.
13. Tratar os divulgadores a pão-de-ló. São eles que levam os lançamentos para as escolas.
14. Estimular as pessoas a continuarem os seus estudos.
15. Ensinar um adulto a ler. Nem sempre alfabetizar significa formar leitores. A leitura está associada ao amor pelas palavras, pela linguagem, pela vida.
16. Assinar revistas e jornais de nosso interesse. A! E renovar a assinatura!
17. Antes de começar a aula, escrever na lousa algum pensamento de um filósofo, alguns versos ou um haicai (poema de origem japonesa).
18. Contar para o outro a história de um livro que a gente gostou demais.
19. Fazer uma peça de teatro a partir de um livro.
20. Ler a biografia de alguém que a gente admira.
21. Colocar livros e revistas no banheiro…
22. Livros de piadas servem para a família inteira.
23. Ler o próprio coração e o silêncio. E se essa leitura for na praia, melhor ainda. É a gente lendo a gente.
24. Cantar com as letras das músicas nas mãos.
25. Colecionar os catálogos das editoras para entender o perfil de cada uma.
26. E também colecionar selos e figurinhas.
27. Fazer uma serenata e trazer o romance para a vida real.
28. Ler a cidade, ler um amigo, ler um animal de estimação, ler a chuva caindo, ler o jardim e ler as estrelas.
29. Aproveitar para ler na fila do banco, ônibus, no metrô e no consultório do dentista e da médica que atrasam demais.
30. Podemos enviar e-mails sugerindo bons livros.
31. Quem cozinha adora livros de receitas.
32. Estudar uma outra língua é ler um outro país, uma outra cultura.
33. Abraçar um livro quando acabamos a leitura. O outro ficará extremamente curioso para saber por que motivo abraçamos o livro, o que ele tem de tão bom assim a ponto de merecer o nosso abraço.


Texto de Jonas Ribeiro retirado do blog da Livraria Nove.Sete

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Confraria da Leitura

A Confraria da Leitura terminou as suas atividades do ano de 2010 com a leitura de sete (7) livros ao longo deste ano. Os livros escolhidos foram: Fernão Capelo Gaivota [Richard Bach]; Noite [Erico Verissimo]; As Brumas de Avalon vol 1 [Marion Z. Bradley]; Os Frutos Dourados do Sol [Ray Bradbury]; A Mulher que Escreveu a Bíblia [Moacyr Scliar]; Vôo Noturno [Antoine de Saint-Exupery] e Travessuras da Menina Má [Mario Vargas Llosa].

A iniciativa do projeto foi da Professora e Autora Liliane Greuner durante a 24ª Feira do Livro de São Leopoldo (2009). As reuniões da Confraria acontecem sempre na terceira quarta-feira de cada mês às 19h na Livraria do Trem. A finalidade das reuniões é a de sentar para tomar um saboroso cafezinho enquanto discutimos o livro escolhido para aquele mês. Já estamos definindo as leituras do ano de 2011. A Confraria da Leitura é aberta a quem quiser participar o único pré-requisito é gostar de ler.

O grupo retornará as suas atividades em março de 2011 para maiores informações é só entrar em contato com a Livraria do Trem no fone: (51) 3037-7857 com Daniel Cunha.